Eu sou EinsteinÚltimas novidades

Ex-aluna do Ensino Médio Técnico Einstein agora atua como Técnica em Enfermagem na Instituição

Para orgulho da família, a ex-aluna do Ensino Médio Integrado ao Técnico em Enfermagem do Ensino Einstein está trabalhando como Técnica em Enfermagem na Clínica Einstein, do Parque do Ibirapuera

Milena Mondejar é ex-aluna do Ensino Médio Integrado ao Técnico em Enfermagem do Einstein. Apesar de jovem, tem bem delineada toda a trajetória que quer seguir em uma carreira construída na área da saúde. Por isso, aos 18 anos, ela já está atuando como Técnica em Enfermagem na Clínica Einstein, da Unidade Parque do Ibirapuera.

Desde o primeiro ano do Ensino Fundamental, Milena já fazia parte do quadro de alunos de um Colégio Técnico renomado, mas ao final do nono ano decidiu estudar na Escola do Einstein, com o objetivo de tornar-se uma boa profissional em saúde. “Eu poderia continuar o ensino no mesmo local, mas eu queria aprofundar os meus conhecimentos nesse setor”.

Tendo bem clara a sua decisão, formou-se Técnica em Enfermagem no final de 2021 e assumiu suas funções nesse cargo para trabalhar em sala de imunização inicialmente por cinco meses. “Estou muito feliz porque depois desse período fui contratada definitivamente para trabalhar no Einstein”, celebra.

A jovem está bem animada com o trabalho e focada em seu futuro. Para mim, tem sido ótimo. Como estou estudando para o vestibular, também consigo juntar dinheiro para ajudar com as despesas no começo da minha Graduação”.

Segundo Milena, toda a base que ela teve durante o Ensino Médio Técnico está sendo tão valiosa a ponto de estar estudando por conta própria para passar no vestibular. “A metodologia de ensino é a melhor. Eu acumulei muito aprendizado e ainda desenvolvi uma estrutura para construir o meu conhecimento. Eu sinceramente não penso em outro local para continuar a vida acadêmica a não ser no Einstein”.

No começo da pré-escola, ela dizia para a sua mãe, Andrea, que seria professora. Porém, ao iniciar o Ensino Fundamental mudou de ideia e passou a pensar somente em estudar bastante para formar-se Médica e ajudar as pessoas. “Eu quero fazer Medicina no Einstein, onde também vou me candidatar a uma bolsa de estudo. Agora isso é o meu principal sonho de vida”.

Conforme ela, o que mais lhe conquistou foi o padrão de qualidade mantido pelo Einstein. “Eu também gosto muito do método TBL, que para mim é um ponto muito forte do ensino em saúde. No começo eu tive dificuldade, pois não estava acostumada a ser tão responsável pelo meu aprendizado”. Agora já adaptada, nutre a crença de que se sairá bem na Graduação.

O Team-Based Learning (TBL) é uma estratégia educacional baseada em aprendizagem ativa, que se tornou uma proposta pedagógica alternativa importante no contexto dos métodos de ensino utilizados em educação médica. “Além disso, eu gosto de toda a infraestrutura e de estar no Einstein. A forma organizada como os alunos são preparados para trabalhar na área da saúde faz meus olhos brilharem”.

Outro plano já consolidado em sua mente está relacionado à vontade de contribuir como profissional na Instituição, seja agora ou no futuro. “Não imagino trabalhar em outro local. Eu gosto muito do Einstein e quero construir a minha carreira e os meus estudos com a qualidade que eu vivencio todos os dias”.

Além da mãe, ela mora com o pai e o irmão, em São Paulo. “Eles sempre brincam comigo, dizendo que eu escolhi a Graduação mais difícil, com preço diferenciado e cansativa. Mas, eu respondo: “Uma profissão de Médico é linda, porque salva vidas e cuida de pessoas que têm muitas histórias maravilhosas e uma família preocupada com elas. Então, o cuidado é para todos e isso é muito nobre”.

Muitas vezes quando se depara com essa brincadeira familiar, Milena relembra o quanto teve de estudar para passar nas provas e se adaptar ao Ensino Médio Integrado ao Técnico. “Depois que eu me formei, percebi que foi a melhor escolha que fiz na vida. Durante a pandemia, nós tivemos todo o apoio para vencer as dificuldades e conseguir manter a qualidade dos nossos estudos”.

Nessa fase, Milena acredita ter alcançado mais maturidade, pois teve de ser mais organizada, realizar as atividades e seguir toda a programação e protocolos de segurança tanto dela quanto dos pacientes durante o estágio. “Acho que sou outra pessoa, encaro a vida diferente. Sinto-me mais responsável por mim e pelos outros”.

Agora com a experiência na Unidade Parque do Ibirapuera, ela conta que o seu comportamento também está mudando. “Eu me sinto segura e confiante, ainda mais porque estou atuando na área com colaboradores muito competentes, que me ajudam em tudo o que eu preciso, contribuindo com a minha evolução”.

Com essa experiência, ela acredita estar mais perto da sua realização como futura Médica. “Durante todo o período do curso Técnico, eu adorei a Enfermagem”. Milena conta que aprendeu conteúdos importantes nessa área, aprofundando ao máximo todas as teorias e colocando-as em prática durante o estágio. “Acredito que estou preparada para fazer Medicina e entender as duas funções na prática, para colaborar ainda mais com meus futuros pacientes”.

Mesmo antes de começar a Graduação em Medicina, ela já pensa em fazer residência em Cirurgia Cardíaca, porque gosta dos processos cirúrgicos nessa especialidade, ou “Pediatria, por adorar a proximidade com crianças”, finaliza.

Cursos Relacionados:

Notícias relacionadas